poesias

Ghostwriter

Eu sou aquele que escreve pra você
Aquele que faz aquelas belas passagens
Aquelas idéias que você nunca iria ter
Sou o seu potencial elevado ao máximo
Escrevo ligeiro
Tenho o pensamento rápido
Cometo poucos erros
Já você, não passa de um isqueiro
Sem gás, sem fogo
Eu sou o seu fogo
O gás que faz você se manter aceso

Não tenho reconhecimento
Você é que ganha todos os prêmios
Dou meu empenho
Pra você depois receber os elogios
Mas sou um cara tímido
E não ligo muito pra isso
Prefiro saber que os outros sem saber
Gostam de mim

Você que no fundo deve se sentir mal
Afinal, o talento não é seu
Pra você falta sal
A criatividade que você não tem
E é esta você está comprando
Pagando caro pra ter o que procura
O glamour, a fama
Toda aquela atenção
Você com essa mania de grandeza
Fica sem direção
Se perde, se afundando em tristeza

Prefiro ser o Zé Ninguém
O sem nome
Sabendo que se eu quisesse
Eu teria um
Foste o que preferisse
Então vá, abrace o mundo
Com esse nome que construísse com minha ajuda
Não se preocupe, não falarei pra ninguém
Ficarei mudo aqui no outro lado dessa rua

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s