pseudojornalismo

Tente Ignorar a Copa

Vou confessar, larguei esse esporte há muito tempo atrás. Comecei a questionar aquele fanatismo todo e achei que era melhor dar um tempo. Passei a ter as quartas-feiras livres, assim como os fins de semana. Meu esporte passou a ser o cinema e a música, e meu estádio havia sido transformado em um bar de esquina. Mas como naquele velho ditado, o bom filho acaba retornando a casa, no meu caso, a cada quatro anos.  Sejamos sinceros, a Copa do Mundo é irresistível demais pra ser ignorada. Aliás, a Copa do Mundo é irresistível demais pra ser ignorada por um brasileiro. Se eu fosse finlandês, estaria mais interessado nos jogos de inverno, ou no campeonato de hockey no gelo que acompanharia na TV, tomando minha vodka favorita.

A Copa não é só sobre 22 homens correndo atrás de uma bola numa grama. Não é só sobre as quatro linhas, as táticas de jogo, as substituições, as faltas, escanteios, pênaltis, gols de placa e vuvuzelas. A Copa é sobre nações inteiras unidas atrás de um mesmo objetivo. A Copa coloca na prática aquela utopia toda sobre nacionalismos, socialismos, preconceitos raciais, economias fracassadas e crises de identidade. No campo todos são iguais, independente da raça ou de quanto dinheiro possuem na conta bancária. A única diferença está nos uniformes, nas cores que cada seleção defenderá. Ao contrário das guerras, as baixas não serão contabilizadas. A única coisa que uma seleção pode perder é o orgulho de uma nação, nada mais. Ok, teve aquela história do zagueiro colombiano que foi assassinado após fazer um gol contra, desclassificando a sua seleção da Copa de 94. Toda a regra tem exceção, diria aquele outro velho ditado.

Apesar de a crença popular preferir achar que o Brasil só levará o hexa em 2014, aqui mesmo no Brasil, eu estou cada vez mais confiante que esse título pode vir mais cedo. Não sou especializado em bola, mas pelo que andam falando por aí, o Brasil tem tudo pra levar essa taça pra casa. O New York Times publicou uma matéria sobre o maior astro dessa seleção, nosso querido Kaká, que andava até então desmotivado por conta de uma contusão, além de ser descartado pela mídia como possível protagonista da Copa. O artigo destaca que é justamente por isso que Kaká tem tudo para crescer na competição. Afinal, expectativas grandes foram exatamente o que fizeram o Brasil de 2006 fracassar. Outro ponto positivo do “bacaninha” Kaká é que ele jogou poucos jogos esse ano, o contrário da maioria de seus adversários, alguns apresentando sinais de desgaste após uma longa temporada européia.

Pra não dizer que estou depositando minhas fichas baseado num jornalzinho americano (que deveria entender de baseball ou futebol americano, e não de futebol), os simpáticos comentaristas globais Falcão e Caio Ribeiro andaram dizendo por aí que apesar de individualmente a seleção estar menos favorecida, o conjunto, o time está bem mais forte.  Parece que nosso técnico sem graça soube montar sua equipe nesses quatro anos, priorizando o conjunto ao invés de talentos individuais (afinal, quem gostaria de ver Neymar e Ganso nesse time?). E que venha esse hexa, do jeito que for.

Até o mês que vem, o futebol fará parte do meu mundo.  O Dunga e o Galvão também.

Anúncios

15 comentários sobre “Tente Ignorar a Copa

  1. Mano se vc abandonou o futebol, por favor abandone a copa tambem, a pior coisa sao essas pessoas que a cada 4 anos se apaixonam por futebol…. nao vai querer dar palpite na escalaçao do dunga tb neh??

  2. É verdade, confesso que não sou o mais fiel torcedor, mas sou brasileiro e acredito ter o direito de torcer quando quiser. A escalação do dunga foi previsível, mas já foi, agora resta apostar as fichas nessa seleção que está aí.

  3. Nunca fiz a mínima questão de torçer pra qualquer time ou ainda o Brasil na copa. Hoje, futebol não passa de algo que existe para movimentar dinheiro. Isso pra mim é pura alienação.

  4. concordo com a giovanna, *–* e com o complemento do igro também , esse barulho das vuvuzelas sao irritantes pra caralho , e o pior mesmo você odiando futebol (por exemplo eu ¬¬ odeio com todas as forças) não tem como ficar de fora , voce sempre será atormentado pelo barulho ,e ainda tem que desmarcar todos os compromissos que tiver pra fazer em dia de jogo do brasil , por que pelo menos aqui em fortaleza , tudo parou meio dia praticamente , bancos todos pararam , lojas , o centro da cidade inteiro , empresas de telefonia , tudo , realmente tudo , ate os medicos em alguns hospitais pararam pra ver o jogo, absurdo !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s