pseudojornalismo

As 10 Fobias Mais Bizarras Que As Pessoas Têm

10. Pteronofobia – Medo de sentir cócegas por penas

Alguns eventos da infância, como fazer cócegas em um bebê, podem desencadear esse medo irracional. Essa fobia está relacionada com o medo de sentir cócegas (não necessariamente por penas).

9. Tafofobia – Medo de ser enterrado vivo

Esse estranho medo de ser colocado em um caixão ainda vivo, provavelmente como um resultado incorreto de ter sido pronunciado morto é chamado de tafofobia. Antes dos adventos da medicina moderna, esse medo não era necessariamente irracional já que na história houveram diversos casos de pessoas sendo acidentalmente enterradas vivas.

8. Panfobia – Medo de tudo

Panfobia, também chamada omnifobia, pantofobia ou panofobia, é uma condição médica designada a um “medo não-específico”; o paciente se encontra em um estado de medo, porém sem saber exatamente do quê, e assim o tratamento para tal problema é dificultado. Ele também é descrito como sendo “um vago e persistente temor por algum mal desconhecido”. Essa fobia é comumente vista como um sinal secundário de uma esquizofrênia.

7. Parasquavedequatriafobia – Medo de sexta-feira 13

Uma sexta que caia no dia 13 de qualquer mês é um sinal de azar em culturas inglesas, alemãs, polonesas, bulgárias e em países onde se fala português (os asiáticos não acreditam nessa bobagem). O medo patológico por esse dia especial é simpaticamente chamado de parasquavedequatriafobia. Há ainda a trisquaidequofobia, que é o medo pelo número 13, seja lá onde ele apareça.

6. Neofobia – Medo de novidades

Neofobia é o medo pelas novas coisas ou experiências. Também é chamada cainotofobia. Na psicologia, neofobia é definida como o medo persistente e anormal por qualquer coisa nova. Alguns grupos reacionários e conservadores são comumente descritos como sendo neofóbicos, nas suas tentativas de preservar as tradições ou fazer com que a sociedade regrida ao passado. Há ainda a tecnofobia, que é uma forma especializada de neofobia, um medo das novas tecnologias.

5. Gimnofobia – Medo de nudez

Não confundir com ginofobia, que seria “apenas” o medo de mulheres (algo até meio comum por aí). Gimnofobia é o medo generalizado ou a ansiedade de ser visto nu, e/ou ver outras pessoas peladas, mesmo em situações onde isso seja “socialmente” aceito. A fobia normalmente é desenvolvida a partir da idéia que a pessoa acredita que seu corpo é fisicamente inferior, principalmente quando comparado a imagens idealizadas retratadas pela mídia.

4. Ergasiofobia – Medo de trabalhar (acho que é esse o meu problema, rs)

A ergasiofobia pode ser uma desordem persistente e limitadora para algumas pessoas, causando sérios problemas psicológicos e outras disfunções. Esses indivíduos talvez estejam sofrendo de algum outro problema mental como depressão ou algum tipo de déficit de atenção.

3. Coulrofobia – Medo de palhaços

Esse medo exagerado por palhaços é comumente visto em crianças, mas as vezes também pode ser visto em adolescentes e adultos também. As pessoas que sofrem desse mal normalmente tiveram alguma experiência ruim no passado com algum palhaço, ou apenas viram um retrato sinistro de algum divulgado na mídia. A aparência estranha desses palhaços, com narizes vermelhos, e cores de cabelo artificiais fazem essas pessoas parecerem misteriosas e traiçoeiras.

2. Efebofobia – Medo de adolescentes

É o medo psicológico e social por adolescentes. Os efeitos desse tipo de fobia parecem causar sérios males à sociedade. Pelo menos um grande economista sugeriu que o medo por adolescentes podem causar efeitos graves na economia das nações. Hoje em dia, o uso comum do termo é internacionalmente espalhado por sociólogos, agências do governo, e organizações de direitos dos adolescentes, definindo a efebofobia como sendo um medo anormal ou irracional e persistente pelos adolescentes. Lembro de uma entrevista com o grande diretor Orson Welles onde ele falava que durante a infância, ele sempre morria de medo dos adolescentes, por achar que todos eram loucos (eu também pensava algo semelhante).

1. Itifalofobia – Medo de ereções

Definido como um “medo persistente e anormal por um pênis ereto”, todos os anos essa fobia surpreendentemente comum gera estresse para centenas de pessoas. Para piorar a situação, o tratamento costuma levar meses ou anos e às vezes é necessário que o paciente seja exposto repetidamente ao seu medo. Também chamado por uma infinidade de outros nomes – medortofobia, falofobia ou apenas “medo de um pênis ereto” – é um problema que causa uma significante diminuição na qualidade de vida de qualquer um, além de causar ataques de pânico, separando casais.

Fonte (tradução livre Pace is the Essence)

E você, tem algum medo estranho e gostaria de compartilhá-lo com milhares de pessoas desconhecidas pela internet? Os comentários estão aí pra isso.

Anúncios

108 comentários sobre “As 10 Fobias Mais Bizarras Que As Pessoas Têm

  1. Então pessoal, seguindo a dica do Igor Moura, resolvi falar sobre minha fobia… Megalofobia… Medo de coisas grandes…
    Eu já busquei na internet, mas pouca coisa se encontra a respeito.
    Na verdade não é que sinto verdadeiramente um medo, mas uma aflição de ver coisas que estão desproporcionais ao seu tamanho ou que sejam muito maiores que nós mesmos. Isto não (pelo menos comigo), acontece se estou próximo a um predio, por exemplo…Mas se estou proximo a coisas grandes que podem cair sobre mim.
    Vou dar alguns exemplos:
    – quando tinha uns 3 ou 4 anos, ia numa praça em minha cidade natal (Jaboticabal). Lá tinha um coreto (o mesmo que apareceu no “Reporter Vesgo”, quando foi a “Luanópolis”)… se eu estivesse bem no centro deste coreto e olhasse para cima, veria que o teto era muito grande, se extendendo simetricamente sobre mim… Isto me dava medo.
    – em 1982, de passagem por São Paulo, fui a um teatro (acho que era Palace), que existia (existe?) no Eldorado Shopping… tem um lustre grande, de vidro (cristal?) bem no palco…também grande e simétrico… outra vez medo.
    – outro dia passando em San Diego, CA (moro perto, mas em Ensenada, Mexico), era umas 10 da noite. Havia um estacionamento ondem estam guardados os balões de desfile (aqueles balões que se vêem nas paradas americanas)… flutuando a poucos metros do chão. Ancorados… mas com algumas luzes iluminando tênuamente… Putz, eu não podia nem dirigir direito pois não queria olhar, tamanha a aflição que me dava…
    – Outro dia estava em Detroit, Michigan, e vi uma coisa branca na distancia… sem problema…quando fui me aproximando, vi que era um golf indoor… e vi os carros parados ao lado… era uma bolha enorme, achatada… mas gigantesca… A imaginação de estar ao lado disto já me deu calafrios…
    Também não gosto de ver “coisas” na água… Exemplo: estava nadando, e OK, mas se olho para a luz que existe para iluminar a piscina e vejo um pouco distante a imagem borrosa, também me dá medo.
    Imagina então quando era pequeno e fui até Caraguatatuba e fiz um passeio de escuna… chegou num ponto, a escuna parou para que os passageiros pudessem mergulhar no mar (que estava com uns 5 a 6 metros de profundidade). Mar límpido… Quando mergulhei e olho para o lado, vejo o casco da escuna. Escuro e grande, “flutuando” na água… saí rapidamente….
    – Caixas d’água também não gosto… não estas que cilindricas verticais.. mas estas que tem um pedestal menor e que a parte de cima é maior…
    Não posso dizer que é uma tonteira… mas isto me ajuda a entender melhor quando uma pessoa diz que tem fobia de avião ou altura (que para mim não é problema, já que saltava de pára-quedas –> Bem, só não posso olhar para a ponta da asa e ver que está “flutuando”, mas olhar para baixo, etc, sem problema)… Mas aprendi realmente a respeitar quando uma pessoa realmente diz que não pode fazer algo.
    Saudações a todos e se alguém também passa pela mesma fobia e quer compartilhar experiencias, só me mandar uma mensagem… daniel.skydog@gmail.com.
    Abraços a todos,
    Daniel

    1. Daniel,
      Muito bom seu depoimento sobre a megalofobia, tenho certeza que outras pessoas se identificarão com suas histórias. Particularmente, achei bem sinistro aquela sobre os balões ancorados, acho que daria um bom cenário pra alguma cena de algum filme do David Lynch.

      Minhas fobias são bem comuns e desinteressantes, rs. Tenho medo de água (mas não de tomar banho), portanto não nado. E também tenho medo de altura (mas viajo de avião “numa boa”). Agora não me peçam pra andar no bondinho no Pão de Açucar que eu não vou nem a pau, rs.

      Pessoalmente, acredito que a maioria das pessoas tenham algum tipo de fobia, mas que grande parte dessas pessoas, conseguem viver com esse medo, sem grandes problemas. Quando começa a atrapalhar, aí o jeito é procurar uma terapia comportamental, indicada pra esses casos.

      É isso aí Daniel, fique a vontade pra continuar comentando nesse humilde blog.

      Abraços,
      Igor Moura

    2. me identifiquei c vc. eu tbm tenho megalofobia, mas a minha me atrapalha bastante… tenho medo de toress (tipos essas de trasmissoes msm) torre de celular, telivisao, tbm tenho medo de torre de igrejas principalmente aquelas q tem torres e uma cúpula redonda aff. nem posso pensar q me dá clafrios. tenho medo de algum prédios… de caixa d’agua mto grande, de cascos de navios e tals… de aviao grande. tem coisas q eu nunca nem vi mas sei q se chegar perto vou ter um piripaque (haha)
      bjoOos da glau

      1. Eu morro de medo de Navios , aviões muito grandes, e principalmente de dinossauros. arg :S eu não posso nem ver fotos, e de torres também tenho, só de pensar que existiu Dinossauros fico mega assustada

    3. Daniel tambem sinto as mesmas fobias de coisas exageradamente grandes.É uma sensação muito ruim não consigo nem chegar perto…

    4. Eu só descobri que eu tinha megalofobia quando ouvi falar dela, quando eu era criança eu tinha um pesadelo frequente e recorrente com duas bolas quicando, uma bem pequena como uma bola de gude e uma enorme maior do que aquelas de praia, e quando elas quicavam juntas me dava um aflição que parecia um aperto no coração e eu acordava toda assustada. E percebi que isso acontece sempre que imagino algo grande de mais proximo a mim. Como um transatlantico e eu ao lado dele. Porém isso nunca aconteceu na minha vida mesmo, de eu ver algo grande e ter medo. Talvez pq eu ainda não vi um transatlatico e nem uma baleia kkkkkk

    5. Eu tenho muito medo de algumas coisas grandes.. prédios não, mais tipo, trator, navio , e muito medo de dinossauros, sério eu tenho medo ate de ver fotos, e filmes, mais coisas bizarras e muito grandes me dão panico !

    6. E eu que pensei q era a unica a sentir essas coisas eu até sonho q estou passando por um lugar cheio de navios ou aviões e tenho q passar entre eles é apavorante
      pelo menos agora estou mais aliviada rsrsrsr

    7. Achei que eu fosse a única a ter isso, eu comeceica ter por causa de sonhos q eu tive. Tenho muito medo…. Aflição, com prédios muito grandes, planetas, um pavor imenso por animais pré históricos que são gigantes, principalmente os maritimos, apesar de eu querer ser astrônoma tenho um certo pavor de planetas e outras coisas q compõem o espaço como Antares e outras maiores.

    8. Nessa questão de medo que mencionou, eu tenho um receio de ver ”coisas” na água também, por exemplo, um oceano, mar, eu estar por ai e em um pequeno bote e tenho receio de que dentro da água pode existir algo (baleia, tubarão, polvo gigante, etc) que possa surgir dali

  2. Tenho absoluto pavor, só de pensar tremo, em ver cascos de navio, submarinos, animais gigantescos dentro de água, formas enormes e enferrujadas, tipo barcos encalhados, se estiver a ver um filme e começam a por cenas de gente nadando ao pé de coisas enormes e esverdeadas me sobe uma coisa pela coluna vertebral que desisto de ver e vou, rapidamente, fazer outra coisa para esquecer aquilo… etc. Muito difícil explicar o sentimento que me percorre, mas só de imaginar para contar aqui, já estou a tremer dos pés à cabeça.

    Abraços, Paulo Ramos

    1. Meu amigo Paulo Ramo, tenho os mesmos medos que você. E também tenho medo de crocodilo e todos os animais que vivem em rios e mares só de pensar eu tremo. Apesar disto saber que você também tem medo me serve um pouco de consolo, pois não estou sozinha rsrsrsrs.

      bjxxxs .

    2. Paulo, achei que era o único, mas eu também tenho o mesmo medo de coisas gigantes enferrujadas, em especial, de cascos de navios, pra mim é aterrorizante. Certa vez que fui a praia, amigos meus subiram num casco de um barco pesqueiro velho de madeira que estava de cabeça pra baixo, eu nem cheguei perto, só de olhar dava medo.

    3. Tenho o mesmo medo que você, de coisas grandes na água, porem eu tenho um específico que é de baleias, odeio ver e principalmente quando as imagens te pegam de surpresa (tipo nesses livros de biologia sabe?)

      1. Que engraçado, eu tenho medo de baleias também. Tenho pavor de me imaginar nadando e uma baleia passar do meu lado, aquela coisa imensa…

      2. Caraca, tenho a msm fobia que vc! Pensei que eu era a única no mundo que tem medo de baleia e alguns animais aquaticos. Eu tbm não posso ver nem imagem foto desenho nadaa nada! Isso é muito ruim pq muitas pessoas acham as baleias lindas e admiraveis só que eu não consigo ver isso!! Desde de criança desde de que me entendo por gente eu tenho pavor de baleia! Não sei pq! Não sei pq nasci com essa fobia

  3. Me identifiquei MUITO com o depoimento de vocês, acho que também tenho megalofobia! Também tremo só de imaginar em coisas desproporcionais ao meu tamanho ou ao próprio tamanho. Medo de animais que vivem em rios e mares também! Nunca faria um mergulho! Uma vez fui ao aquário e simplesmente tive um chilique na hora de passar pela parte do Pirarucu, um peixe enorme que vive em rios, não conseguia nem ficar olhando. Mas acredito que isso não me traz nenhum problema, não até agora né? Acho que consigo conviver com isso numa boa 🙂

    1. Sim! Isso deve ser terrivel! Eu moro em Huntsville, no Alabama e aqui tem um museu da NASA. Eles tem um foguete na entrada sob o qual a gente passa pra entrar no museu. Pois bem, quando eu estava embaixo do tal foguete e olhei pra cima, me deu uma agonia que eu tive que correr…sensacao indescritivel! Horrivel, diga-se de passagem!

  4. Caros me identifico também com o depoimento de vcs, q engraçado por que só tem megalofóbicos aqui?

    Eu também fico desesperada não aguento coisas imensas… agora há pouco meu coração disparou e fiquei desesperada pq acabei de me deparar com a foto de um navio imenso na internet… outro dia tive um trabalho acadêmico para fazer e tive que pedir para uma amiga no msn procurar fotos do planeta Terra para mim e me mandar, infelizmente tive que enfrentá-lo no Photoshop, mas depois que cortei o fundo preto do espaço, parece que deu menos medo… se eu ver fotos de planetas eu entro em crise!!

    Eu acho que meu medo veio por causa do bullyng que eu sofri minha vida escolar inteira, será? É uma teoria.

    1. Não creio que o Bullying tenha nada a ver com isso, pois nunca o sofri, às vezes parece mais que tenho medo do que não vejo, do profundo, do inescrutável, do facto de ser tão pouco importante frente ao gigantismo do universo e à tendência cada vez maior, dos seres humanos, a serem megalômanos e porem-se a construir coisas de tamanhos e formas que ultrapassam os limites de compreensão e visão de um reles ser como eu…

      Uma Psicóloga, certa vez, atribuiu a fobia ao facto de eu ter levado muito tempo a nascer, 13 horas, e poder ter engasgado ou sufocado com líquido amniótico etc.

      depois conto mais.

      PAR

  5. Cara,eu pensei q estava doida pq eu também tenho medo de coisas grandes.Mas cúpula de igreja e coisas do tipo nem tanto.Quando eu era pekena e via nas paredes anúncios escritos com aquelas letras enormes me dava uma aflição q só de pensar me dá um nervoso.Também uma vez eu estava andando pela rua e em frente a uma concessionária tinha um pneu de ar grande q meu Deus,tive q dar meia volta e seguir por outro caminho.Acho q se visse esses balões q o colega aí em cima mensionou talvez tivesse uma crise de pânico.Nunca me aconteceu,mas se fosse a pike no oceano e uma baleia passase perto de mim eu com certeza morreria.Enfim,bom saber q não estou sozinha no mundo e q enfim existem pessoas q entendem o q eu passo.

  6. Gente, minha irmã e eu temos aflição de coisas grandes. Principalmente estátuas e igrejas pontudas. Também não gostamos de dar zoom em páginas da internet com figuras, pois a aproximação nos causa medo. Alguém tem medo de dar zoom? Morro de medo de ver fotos da Torre Eiffel, do Cristo e da Estátua da Liberdade na internet, com medo do zoom ir bem pro rosto deles ou pra ponta da Torre. Mesmo assim, encaro olhar, mas não é mto agradável.

    1. Meu DEUS NÃo sou a única que tem medo da torre,tenho pavor só de olhar,como gosto de superar os medos vejo na internet a foto e vem aquelas bem grande e com zoom MAIS N CONSIGO OLHAR POR MT TEMPO SÓ DE PENSAR

    2. Giovanna, eu morro de medo de estátuas! O mesmo medo de você e da sua irmã! Tenho medo de fazer zoom e que vá parar na cara delas, como já me aconteceu com uma gárgula de Paris!
      É assustador.
      Se fico perto de alguma, começo a sentir tonturas e vertigens e fujo!
      Desde pequena que sou assim!

  7. Vi que não sou a unica, graças a deus. Sempre comentei esse meu medo com amigos e sempre riram de mim, deve ser o modo como contava. só de ler o que voces escreveram, e imaginar já fico morta de medo. Acho que descobri esse medo depois que eu tive que ir numa esposição onde tinha o esqueleto de uma baleia, quando eu vi aquilo meu coração disparou e eu precisei sair de la o quanto antes. Depois desse dia, a coisa só piorou, morava num predio, no ultimo andar e tinha que me deparar com 1 caixa de agua enorme, todos os dias. Acho que o apice disso tudo, foi quando estava caminhando pela rua quando me deparei com um peixe enooorme que estava na frente de uma loja de pescas .. Me desejem sorte, amanha terei de ir ver uma celula gigante ….

  8. Cara, não sou a única!!! Eu tava pesquisando e cheguei nesta página. Quando li o que o pessoal escreveu aí em cima sobre cascos de navio debaixo d’água, meu coração disparou, já comecei a sentir uns calafrios! Não sei explicar isso. O mesmo vale para a parte de ilhas e icebergs que ficam submersas. Outra coisa que me dá pânico (dá até vergonha de falar), é que se eu estiver no Google Earth, e por algum motivo eu ver a maior parte do mar onde já é escuro e ele encher a tela, eu não consigo mais olhar! Dou um jeito de tirar aquilo sem ficar encarando. Parece tão idiota, mas eu sinto um medo inexplicável… =/

      1. Eu tentei e me deu tanto medo!
        Vi um post num site sobre como seria ver aqui da terra, os planetas a mesma distância da lua… Pensem eu uma foto de Jupiter imenso, no lugar da lua. Eu perdi a ação e não conseguia sair da página! (Foi assim que descobri o problema, ai pesquisei na internet)

        Hoje vi uma foto de um meteoro enorme sobre uma cidade (montagem). Me deu um pânico tão grande que o coração acelerou e me deu vontade de chorar. Fechei os olhos e abri uma brechinha para achar o “x” da página.

        Tbm tenho medo de objetos imensos, animais, insetos, “olho falso” da baleia orca, navios (afundados ou não), seja por foto, vídeo ou ao vivo. O google earth só tenho medo do mar ou de uma imagem muito ampla de algo grande. (um lago, por exemplo). Eu não posso deixar o mar tomar conta da maior parte da tela, pois me tremo toda.

    1. tenho mt medo de Cascos de navio ou qualquer tipo de embarcacoes se e que me entendem. Esse ano to indo a marinha nn sei se vou aguentar mt tempo la

  9. Gente, eu também devo ter Megalofobia. Um dia quando fui no parque da Xuxa, no meu aniversário de 8 anos, eu acho, tinha um Splah, e bem na frente desse Splah tinha um monstro ou sei lá o que era aquilo, que acho que tinha em algum filme que ela já fez, um monstro marrom e peludo. Bom, quando eu olhei para aquilo eu comecei a chorar, meu coração começou a bater forte e eu comecei a tremer, tampei meu olho, meu pai começou a brigar comigo e disse que se eu não tirasse a mão dos olhos a gente iria voltar pra casa. Mais não termina ai não, o pior é que tinhas uns coelhos pendurados numa corda que ficava presa em alguns ferros do teto, e o pior é que eles ficavam se mexendo, aquilo me deu tanto medo. Mais tudo bem, fui me acostumando com o espaço, mais e na hora que eu tive que ir no cinema 3D com a minha mãe? Bom, não me perguntem como eu consegui ficar a sessão inteira naquela sala, por que nem eu mesma sei, só sei que fiquei com o olho fechado e cada barulho que eu escutava eu dava um grito mais alto que o outro. Tudo bem, parque da Xuxa, não frequento mais, mais e quanto a parques aquáticos e a Wall Disney World? Gente, eu não posso ver uma foto de nada disso ai, se não meu coração dispara. E se eu coloco no google imagens fotos de montanha-russas, e ainda mais se forem de outro país, uma montanha-russa que eu nunca fui? Nossa… não gosto nem de imaginar! Eu também tenho medo de peixes muito grandes, acho que nunca iria conseguir ir em algum aquário. Coisas muito coloridas e gigantes também me dão medo, mais o melhor foi saber que não sou só eu a louca que tenho medo desses tipos de coisas! kk
    Obrigada pessoal.
    Obs: o pior de tudo é que eu tenho apenas 12 anos ):

  10. Eu ri ao ver os comentários por me identificar, mas ao mesmo tempo fiquei nervosa só de imaginar as situações. Achei que só eu fosse louca, mas vamos às minhas neuroses: desde pequena tenho pavor de balão; de caixa d’água; de bandeiras grandes (fico me imaginando dentro de um estádio e do nada surgirem aquelas bandeiras que cobrem a torcida sobre mim); época de copa do mundo com essas bandeiras penduradas entre os prédios é terrível para mim; casco de navio; outdoors enormes que ficam em laterais de prédios (tem um outdoor do filme “As aventuras de Tintin” em um prédio que me fez mudar a trajeto que eu faço para ir para o trabalho); cortinas grandes voando para o lado de fora da janela (eu não puxo de volta de jeito nenhum!); dar zoom em fotos; pânico do Google Earth; edredon preso no varal (não gosto muito mas tenho que tirar, né?); animais grandes do mar… Realmente acho que estou louca!

  11. Giovanna sinto as mesmas coisas que vc. Sou megalofóbica e isso me atrapalha demais, pois sempre que saio na rua tenho medo de ver algo com tamanho grande desproporcional. Estava indo ao shopping NY na Barra (RJ) e tem a estátua da liberdade enorme na frente e nao tinha outra entrada, tive uma crise, comecei a chorar muito, a tremer, a me dar uma angústia terrível, uma tristeza até que desisti e fui pelo estacionamento. Fui ver um filme do Hubble no IMAX em 3d como a tela pegava do chão ao teto (imensa) as pessoas pareciam gigantes.. antes de começar o filme percebi que eu ia me ferrar rs chorei muito após ver uma mulher gigante na tela e fiquei o tempo todo de olho fechado (até de levantar e ir embora tive medo) e o pessoal todo olhando pra mim.Outra vez eu estava na internet e achei um site q falava do museu de estátuas gigantes de pessoas.. tudo realista.. meu coração disparou, fiquei com falta de ar, e me deu uma vontade de chorar. Não posso ver coisas maiores que o normal. Não tenho problema com arquiteturas, só com estátuas, balões, fotos na internet e nos filmes, ver filmes da grecia antiga é impossível), coisas e animais de baixo d’água grande, não posso nem ver filmes em 3D nos cinemas. Tinha um amigo que falou que toda vez que seu pai brigava com ele, ele o via grande, assim como tudo em volta.. E meu pai e eu sempre brigamos muito. Será que a megalofobia tem a ver com medos na infancia… tipo pais “ditadores”, filhos que apanham muito.. etc? E dizem que quem tem magaloMANIA é muito presunçoso e quer sempre mais, então pessoas megalofóbicas tem baixo auto-estima ou medo de crescer? Muito relativo..

    1. Oi Fernanda, eu queria muito entender da onde vem este medo, mas ainda não sei a origem. No meu caso pode ser até genética, pois minha mãe disse que tinha medo quando era mais nova e minha irmã também tem. Quando era criança, meu pai tinha uma fita cassete do Pink Floyd – Division Bell. Eu odiava ver aquelas estátuas da capa e também dentro havia uma foto de uma pessoa aterrisando de para-quedas e ele era enorme. Meu pai costumava filmar a esquadrilha da fumaça e eu tinha medo de ver os aviões de perto.

      Eu tenho problemas às vezes para digirir sim, pois se vejo um monumento grande à minha frente, fico arrepiada e tento desviar o olhar. E se alguém no carro disser: “que ENORME”, as coisas pioram. Engraçado isso, né? Recebi hoje um e-mail cujo título é “Cristo redentor: maior giga foto feita”. Estou com medo de acessar o link e dar zoom bem na cara do Cristo. Ano passado fui para o Rio e tive que encará-lo… comecei bem devagarinho pelos pés e fui subindo. Por fim consegui vê-lo, mas não é agradável. Estou encarando meus medos aos poucos. Fui para Londres e vi a London Eye. Achei que seria pior a sensação, mas até que foi tranquila, pq fui olhando aos poucos, conforme caminhava em sua direção. Não entendo como as pessoas vêem estes monumentos gigantes numa boa sem sentir nenhum medinho. Meu maior pavor tem sido pensar como será minha viagem a Paris com a Torre Eiffel lá. Tenho pavor de torres de TV, como algumas pessoas comentaram acima também. E também não gosto de ver o google earth. Não gosto de ver aquela parte preta do mar na tela.

      Mas é muito legal saber que não somos as únicas.

      1. Olá Giovanna. Quando falam “que enorme” piora mesmo a situação. Também não gosto de ver a parte preta do mar no google earth, rs.

  12. Incrível como se encontra sem querer, pessoas com as mesmas sensações.Tenho medo de casco de navio afundado.Pensei que fosse o único!!É engraçado, ao mesmo tempo que tenho medo, me atrai muito ler e ver fotos de naufrágios e barcos encalhados.Acredito que não tenha coragem de fazer um mergulho para explorar um naufrágio mas, acho interessante pessoas que o fazem.Estive várias vezes ao lado de navios gigantescos somente para ver qual a sensação….Minha garganta quase fecha de medo!!Gostaria de poder descobrir o porque? Devo dizer também que ,tudo o que esta sob a água ou melhor afundado, me da pavor.Me lembro que uma vez que estava nadando na praia e derepente olho para o fundo e vejo um barco, destes pequenos, afundado…Nadei igual a um desesperado para a margem!!Abraço a todos!!

  13. João me identifico muito com a sua sensação.
    Tenho um super medo, mas adoro ler sobre o assunto. Tenho medo de robôs( não assistam gigantes de aço, porém transforme não me da medo), Navio ( Recentemente tive a sorte, de ficar do lado de um navio enorme ,porque vi que ao mesmo tempo que me da medo me fascina), Avião ( ainda não tive a oportunidade de voar em um), Muros grandes, baleias tipo a Free willy aquela mancha que parece um olho enorme me assusta, tipo oque é muito desproporcional ao meu tamanho, coisas grandes na água, aquela imensidão de água escura, balões grandes. Graças a Deus não tenho medo de prédios. Não tenho vergonha de dizer tenho megalofobia.

  14. Eu não tenho muitas fobias, mas desde criança tenho um medo extremo daqueles balões de ár quente, que voam, e até daqueles guarda-chuvas horrendamentes grandes. E também tinha medo de árvores, mas já superei, em partes. Só o medo do balão que ainda tenho, realmente só d pensar ou ver uma foto desses ‘monstros’ eu fico mal. O medo de guarda-chuvas já atrapalhou muito minha vida mas esse medo eu já dominei. Mas ás vezes ainda me faz mal. Eu também já tenho TOC, não sei se tem muito á ver mas não deixa de ser um transtorno. Enfim, alguém sabe o nome desse medo exagerado de balões?

    1. Globofobia, esse é o nome para descrever esse medo seu Michele. Trata-se do medo de bexigas ou de balões flutuantes. A questão é que no seu caso, essa fobia pode estar associada com algum tipo de megalofobia, já que não é qualquer balão que vc tem medo, somente os grandes.

    2. Tenho pavor de balões também só os normais de festas, tenho medo de olhar e quando estoura me assusto e fico nervosa.

  15. Pessoal, encontrei minha turma procurando por essas sensações de medo q tenho. Sempre tive esse pânico e não sabia q isso existia…pensava mesmo q era doida e como a colega ali de cima disse, quando contava para os amigos o meu medo, eles riam e não entendiam. Tenho medo de barcos, navios, estátuas, igrejas com tetos altíssimos, submarinos, quadros muito grandes, Cristo Redentor, esculturas gigantes, ruínas, palco de teatro, engrenagens, máquinas, coisas enferrujadas…nossa, estou com falta de ar e desespero, dor de cabeça, só de pensar nessas coisas. Alguém tem idéia de onde vem esse medo? Tento pesquisar, mas não encontro nada…isso me incomoda muito…prédios nem tanto, mas tenho muito medo de coisas muito grande, desproporcionais ao tamanho normal…detalhe…amo miniaturas…rsrs…que bom encntrar vocês!! Abraços a todos os colegas…

    1. Engraçado, boa parte desses medos eu tenho, mas medo do Cristo redentor nunca consegui ter (só um pouco na época que o Didi subiu no braço). Mas se parar pra pensar mais um pouco, vou começar a ter. kkkkk Tentem assistir esse clipe, Cristo, Estátua da Liberdade, céu imenso e sons ”colossais” pra aguçar esse nosso medo:

  16. poxa pessoal q bom encontrar pessoas q vão entender o q eu sinto é até um alivio.

    Sempre q falava sobre isso com meus amigos eles riam de mim, meu pai ficava falando q era bobeira minha e qndo eu crescece isso iria passar…
    Bom ja tenho 22 anos e não passou, na verdade pioraram algumas coisas
    eu tenho medo de tudo q os colegas com megalofobia citaram, mas tmbm tenho medo de arvores, principalmente se eu estiver sozinha.

    Percebi q os medos se acentuam qndo estou triste.
    Tenho megalofobia desde criança.
    Me deparei com esse medo pela primeira vez qndo meu pai comprou uma bola enorme cheia de cores bem vivas, como eu era criança a bola era quase do meu tamanho.
    Fiquei com muito medo, mas queria brincar, então pra não tocar na bola fiquei rebatendo a bola com um cabo d vassoura.

    Meu pai percebeu q eu tinha medo d coisas grandes e começou a usar isso contra mim, tirando sarro da minha cara e me fazendo medo.
    Ele via isso como uma brincadeira, mas pra mim era horrivel.

    Acho q isso desencadeou outros medos, pois não é só de coisas grandes q tenho medo, olha só:
    -medo de figuras de insetos , qualquer imagem de inseto, borboleta(não sei se é inseto), formiga, lesma, todos esses bichos.
    (lembrando q não precisa ser grande).
    Até se uma criança desenhar uma barata no papel, eu vou ter medo.

    -medo de cores muito vivas , mas vou ter medo se as cores estiverem muito grandes, tipo essas cores de planetas e nebulosas no espaço (quem não sabe o q é nebulosa, é só botar no google).

    -não fazer tal coisa por acha q vou ficar com azar, essa é bem complicada de eu explicar.
    Tipo se eu pego alguma coisa e depois vou por em tal lugar, ai me vem na cabeça se eu botar ai eu vou ficar com azar. Ja deixei d fazer muitas coisas porcausa disso.
    Mas não é só de fazer, falar tmbm.
    Esse me pertuba praticamente 24 h por dia!
    Deixo d fazer coisas importantes porcausa disso! Sei q é totalmente irracional.
    Esse é o q mais atrapalha minha vida.

    e outros medos, que sinceramente, é melhor nem postar.

    Enfim acho q um medo desencadeou o outro
    preciso urgentemente de ajuda!
    Acho q as coisas só vão piorar pra mim
    sempre q fico profundamente triste as coisas pioram.

    Não procuro tratamento porq não tenho condições no momento.
    Mas se alguem ja teve algum desses medos q citei e se tratou com pisicologo, gostaria q se comunicasse comigo 🙂

    1. Lily. Existem tratamentos até gratuitos hj em dia. Você deve procurar, senão não vai conseguir viver desse jeito. E esse “estar triste” que vc comentou, eu tb tenho. São fases em que ficamos mais sensíveis. Talvez o médico não conheça completamente quando vc for relatar seus medos, mas pode até mostrar esses comentários pra ele. Pelo jeito não é tão incomum e vc não está sozinha. Vou torcer pra que vc fique bem! 😀

  17. Gente, tô feliz em saber que não estou sozinha! Tb tenho megalofobia desde criança, mas não sabia exatamente o era. Fui pra Ilha Bela em março do ano passado, qdo vi os navios e os guindastes, comecei a ter uma crise de pânico, tremer e chorar. Foi horrível! Tenho pavor daqueles pedaços de ponte que ficam nas marginais, de submarinos, de animais gigantes na água. Quando conto, as pessoas acham graça, mas é angustiante.

  18. Gente, eu tenho uma fobia que é meio rara, é a Emetofobia que é o medo de vomitar ou ver alguém vomitando, quando eu era pequena na minha sala um menino vomitou, eu comecei a faltar aulas, e morria de medo de chegar perto dele, eu cheguei até a mudar de escola e fiquei 8 anos sem chegar perto dele. Quando vejo uma pessoa vomitando me dá uma sensação horrível de que vai acontecer comigo também, eu fico tremula, paralisada, não consigo falar, e dependendo da situação eu começo a chorar e fico desesperada para sair daquele lugar o quanto antes (e de preferencia nunca mais voltar) quando tinha 10 anos fiz a minha família mudar de casa por que eu havia vomitado ali

  19. vendo alguns depoimentos acima, percebi q tenho um medo em comum que me incomoda muito, medo de aquarios grandes e peixes grandes dentro desses, um pavor de ver e ficar proxima,o pior de tudo é que sou biologa e isso me deixa triste pois não posso visitar aquarios principalmente os de agua doce onde os animais são bem maiores, espero um dia curar essa fobia horrivel.

  20. Olá pessoal, bom tenho 15 anos e convivo com ”algumas” fobias muito estranhas (num basta só uma), que me acompanham desde que me entendo por gente. Atualmente o que mais me da problemas (principalmente na escola) é a fobia social. É uma luta quando tem trabalhos de apresentação pra classe, leitura em vóz alta, trabalho em grupo, me incomodo até msm em escrever em publico, já aconteceu de eu ter q faltar a aula por causa disso, ou procurar outros meios pra evitar essas situações, ja tive até depressão por conta disso. Além da FS , persebi q tenho megalofobia, encontro tão pouco sobre isso na internet, sofria com isso demaaais na minha infancia quando morava perto de um aeroporto, eu me lembro dos aviões que passavam baixinho e perto de casa, mas, pior que os aviões era os baloes dirigiveis, me da uma sensação ruim só de lembrar daquela coisa passando no céu, parecia que ia cair em cima de mim, graças a Deus não tenho mais visto essa coisa. Fora isso, coisas que flutuam à gás-hélio, prédios, lugares muito abertos, dimensões em geral, ladeiras, altura, lagos, enfim tudo isso me deixam em situação de pânico.

  21. MEGALOFIBIA!!!!!!!!!!

    Nossa eu sofro com isso desde criança descobri qual do fui uma vez em uma excursão da escola para a SABESP e lá tinha aquelas tubulações enormes. Ai comecei a chorar perder o ar entrei em desespero, detalhe cheguei em casa e ai da por cima apanhei da minha mãe pq ela disse q eu estava cm frescura.kkkkk

    Avião ??? Só de venda nós olhos
    Navio??? Fui em um cruzeiro só gastei dinheiro passei 7 dias se por os pés para fora do quarto E mesmo assim só de saber q eu estava nele, eu tremia, foi horrível.

    Esse dias fui andas de Jet-ski na praia q nem uma idiota vou lá. Cheguei lá o cara me levou para perto de umas colunas de co certo enorme. Chorei igual a um neném, e me afoguei.

    Mais é um pouco estranho varia de objetos. Pq natal essas coisas qndo vou aos shopping, eu não tenho medo daquelas árvores.

    Enfim não sou a única, pode parecer besteira mais só quem tem sabe que e Fo#! 😦

    1. Tenho Megalofobia mas não e de todas coisas gigantes, por exemplo não tenho medo de avioes, balões etc… mas tenho medo de maquinas gigantes e tubuloes gigantes, certa vez quando estava em um estacionamento de um supermercado la tinha um ar-condicionado Gigante e fazia um barulho alto, quase morri la entro, nunca mais voltei no estacionamento. E bem estranho isso, Maquinas gigantes cortantes me apavora muito.

  22. Fiquei muito feliz quando li sobre o assunto e vi que isso não era uma frescura minha, eu realmente tenho megalofobia, acho que a primeira experiência que tive foi quando minha mãe comprou um elefante cor de rosa que ficava dentro de uma garrafa com água e conforme o tempo passava ele crescia mais e mais, me lembro de ter tido medo de balões a minha vida toda, sempre achei que algum dia isso fosse passar, mas até hoje nunca passou, me lembro das vezes que fui tomar água em um copo normal de vidro e sempre ter que fazer isso de olhos fechados por não gostar de ver minha mão através do copo, ou quando eu mergulhava em uma piscina e não conseguia abrir os olhos por ter medo de ver algo “grande” lá dentro; até hoje quando estou no pc preciso diminuir a letra e o tamanho das imagens por que eu me sinto super desconfortável com imagens grandes .-.

  23. Eu achei que era a única a ter essa fobia , mas lendo os relatos acima me identifiquei com vários. uma vez ganhei uma toalha de banho de aniversário e não pude usá-la, pois havia uma imagem enorme de um tigre e não conseguia olhar, tbm n posso dobrar meu cobertor q tinha uma flor grande. a lembrança mais antiga q tenho é de olhar uma revista é tinha aqueles balões de gás enormes e coloridos, nossa n pude olhar me deu um mal estar e aqueles posteres com pessoas e animais q vem no meio das revistas, me faz mal só pensar!

  24. Eu também tenho uma megalofobia, meu medo se dá a uns sonhos que eu tive quando criança. Desde então eu tenho um medo de certas coisas grandes geralmente humanos com mais de 3 metros, ou qualquer coisa normal em tamanho “ampliado”. Gostei de ter visto esse post e ver gente que se identifica comigo…

  25. Graças a DEUS que o que eu sinto nao é estranho e incomum . Sempre tive vergonha de contar isso pois tiravam sarro de mim.mas desde uma viagem a Santos na casa de familiares, minha prima me levou no porto, pra queeeee??? ? Quase tive um treco.suava, tremia, uma vontade louca de sair dali correndo, um pânico total.
    Desde então, não consigo olhsr navios, bracos grandes, sei la, eu tremo inteira.

    1. Tenho medo de animais marinhos muito grandes como peixes e baleias. So de imaginar uma baleia nadando perto de mim sou acometido por um terrivel pavor.
      Lembro que na minha infancia brinquei com a minha irma na piscina a noite imaginando que havia uma baleia ou tubaroes nos perseguindo, era desesperante e sair da agua nos trazia um alivio recompensador.
      Nao tenho medo de objetos grandes e inanimados como alguns comentaram, mas so de imaginar animais gigantescos na agua sinto medo.
      Boa sorte a todos para enfrentar essas fobias, abraco!

  26. Tenho medo de baleias, não sei porque, só a orca que não tenho medo, mas a jubarti essa eu não posso nem ver rsrs…. fotos e vídeos eu já morro de medo, imagine se eu ver uma na minha frente, eu acho que tenho um infarto rsrs
    Eu só gostaria de saber o nome dessa fobia, porque eu não acho em lugar nenhum, se alguém souber, por favor me responda?? abraçoss

  27. tenho medo da agua do vaso sanitário, medo de piscina, praia, mas só tenho esses medos se estiver sozinha pois tenho a ridícula impressão de que a agua vai me engolir.

  28. Eu tenho megalofobia, medo de coisas grandes, por exemplo, odeio caixas d’água, odeio ver aviões de perto, tenho medo de ônibus, etc…

  29. Eu tenho megalofobia tbm, mas só de caixas d’agua. Eu tenho sei la se é medo ou o que, mas quando to no banheiro por exemplo e escuto o barulho da caixa d’agua enxendo, ou se a caixa d’agua fica exposta eu fico com receio, medo(!?). Nunca achei na internet nada relacionado a isso, só como por exemplo odiar a caixa d’agua pq ela se parece com alguma outra coisa. Mas, se tiver alguma pessoa junto, ja não tenho esse “medo”.

  30. Galera, descubri que tenho megalofobia também! Tenho 25 anos e desde criança via umas fotos de balões (aqueles enormes coloridos) e não podia continuar olhando, mas continuo tendo medo de muitas coisas grandes: Pontes, arranha-céus, torres, baleias, e o puor pra mim: Aviões grandes, (747, A340-642, A380, 777-300, SR-71, B-52) esses eu nao gosto de ver nem foto, e tambem os dirigíveis antigos (Hindenburg e Zeppelin). Um dia eu tava no Google Earth e a imagem tava sobre o Lago Vitória, na África, e senti muito medo. Ja to aqui com medo só de pensar nisso tudo! Ah, e fora a megalofobia eu tenho agorafobia, essa sim tem comprometido muito minha vida!

    1. Engracado! Acho que essa Megalofobia acontece em niveis diversos. Eu morro de medo de estatuas grandes, mas nao tenho nenhum medo de avioes, pelo contrario, ate gosto de ficar perto e tambem gosto de andar de aviao. Acho que a Agorafobia e tratavel porque esta relacionada a sindrome do panico…pra tudo tem um jeito! Nao vai desaparecer de uma hora pra outra, mas e preciso encarar e buscar um tratamento! Tambem tem um pouco da maldita ansiedade envolvida, ne? Vale a pena fazer um tratamento e aproveitar a vida!

  31. Adorei ler os depoimentos sobre as fobias! Tenho fobia social, claustrofobia, agorafobia (pavor de lugares abertos com multidões! Pa-vor!)…e não me lembrava que tinha megalofobia! Pq essa já está mais controlada, eu sofri muito quando criança, agora, nem tanto e tb não é tudo que é grande que me dá medo, mas algumas coisas sim e sensação de vertigem! Realmente, é estranha a semelhança com o medo de altura!

    Quando eu era criança eu morria de medo de bichos de pelúcia gigantes! Era um suplício eu ir em lojas e ter de lidar com isso, em especial se havia vários juntos! Ainda mais pq se eu era criança, era pequena, menor do que agora, então aí tudo ficava maior mesmo! O pior é que minha família não entendia, achava graça e aiinda ficava com a horrível mania de fazer terapia de choque, querendo me forçar a perder o medo na marra! Me arrastavam pro meio dos bichos, eu ia fincando o pé no chão, tremia, chorava, suava…uma vez foi o pior…eu sempre fechava os olhos, então me disseram pra abrir, que era pequeno o bicho, mas eu não abri de jeito nenhum, fiquei chorando, implorando pra pararem, até que minha mãe ficou preocupada pq sentiu que eu estava com taquicardia e mandou meu pai e meu irmão pararem. Aí em levaram pra longe dali e eu só abri os olhos quando deu. Depois eles me confessaram que o bicho que botaram bem na frente do meu rosto era gigante! E se eu tivesse aberto os olhos? Eu podia mesmo passar mal, meu coração já batia bem forte! Eu podia ter soltado um berro tão grande que o segurança ia ver o que era! E aí?

    Não acho apropriada essas terapias de choque por quem nem entende do assunto. Hoje não ligo tanto pra esses bichos, nem pra enfeites de Natal grandes, nem nada, vou muito a shoppings numa boa. Mas o engraçado é que ouvindo falar de tudo isso agora e relembrando, o medo meio que volta…Tb me incomodo com outras coisas, já me incomodei com relógios gigantes; até gosto de dar zoom em certas fotos, mas eu tb vi a imagem num site de planetas do lugar da lua, não gostei de Saturno e Júpiter…depois de muito tempo senti o medo de volta, mas mais controlado, mais como um incômodo. Procuro tomar cuidado com certas fotos, amo imagens do espaço, mas algumas podem me incomodar; amo aquários e vida marinha, tenho inclusive coleção de papéis de parede de fotos da natureza, de fenômenos meteorológicos, do espaço, e de muita vida aquática, mas sempre tenho cuidado quanto ao tamanho e nunca fui num aquário, não sei se os peixões me incomodariam hoje; o problema é ser pega de surpresa! Tb estava pensando em ir na exposição do artista australiano Mueck, (aquele artista que faz esculturas gigantes hiperrealistas) no MAM, mas agora fiquei na dúvida se deveria ou se a fobia iria me atacar lá…mas eu ja estaria de sobreaviso, não sei…há coisas gigantes que me causam fascínio, eu queria visitar um aquário! E queria visitar o Parque das Sequóias,na Califórnia! Amo árvores! Lá tem as maiores árvores do mundo! Mas talvez isto não me atingisse. Eu tb senti incômodo ao ir no NY da Barra e no cinemão lá, mas não fiquei apavorada, mas senti vertigem e tive insônia antes e depois de ir. Mas se eu fosse quando criança, que eu era menor, ia ser tenso…Tenho a sensação de que isso é mesmo parecido com medo de altura, pois tem a ver com a noção espacial das coisas, da alteração do espaço, as coisas fora de seu tamanho natural…dá uma impressão de que eu que encolhi…diante das grandes alturas as pessoas tb devem sentir isso…

    Bom isso foi o que observei de comum com o que li aqui, fico feliz de ver outras pessoas com o mesmo problema, não por desejar isso a alguém, mas pq me sinto compreendida. Infelizmente na época da minha infância não havia tanta informação, nem computador. Eu acho que isso pode ser do parto difícil e do nascimento com falta de ar, minha mãe teve hemorragia, devo ter me afogado, nasci sem ar, sem chorar (sei que outra pessoa aqui tb comentou algo parecido).

    É isso, boa sorte a todos!

  32. A propósito: tive coragem de ver o vídeo que Ro postou pra desafiar nosso medo:

    Achei bem legal! Não senti medo, gostei muito (porém, assisti com a tela pequena e som não muito alto) mesmo assim é uma vitória!

    Mas não gostei nem um pouco de ver certa imagem: se colocar megalofobia ou megalophobia no google imagens, tem umas miniaturas de imagens, de rostos (uma bem feia, de terror, que foi a que eu vi e me ferrei) ou de navios e outras coisas enormes, algumas dessas fotos são colossais e tomam toda a tela! Pavor!

    1. Amanda, fiquei curiosa quando li seu comentario sobre procurar a palavra megalophobia no Google. De todas as imagens, essa foi a que mais me agoniou. Nao sei se vai aparecer aqui, mas coloquei a URL. Eu fico so imaginando se eu estivesse naquele lago acho que eu ia ter um treco!

      1. Sim, eu já vi essas imagens. Mas o pior é quando clicamos em algumas, que são imagens de teste, elas ficam enormes, cobrem a tela inteira, terror total! Acho que elas servem pra testar se a pessoa tem megalofobia!

  33. Por acaso decidi procurar na internet se havia um nome para meu medo, e acheei! Acho que tenho megalofobia!! Meus Deus nunca se passou pela minha cabeça que isso poderia ser uma fobia..eu mesma achava que podia ser algum trauma na minha infância (que não lembro por sinal) mas morro de medo de coisas muito grandes, maiores que eu (e isso que sou alta) tenho medo principalmente daqueles balões ou bonecos infláveis que flutuam a uma pequena distância do chão e são enormeees! Desde criança tenho sonhos com esses balões ou que tinha vários balões no céu e vinham pra cima de mim…esses dias fiz uma surpresa pro meu namorado com balões pequenos, desses comuns e grudei com durex no teto e deitada olhando pro teto eu tive medo deles cairem sobre mim! Eu mesmo ria de mim, porque nunca ouvi ninguém se queixar disso! Já sonhei também com dinossauros e morro de medo só de olhar os filmes mas por eles serem grandes. Tenho medo também de anúncios muito grandes nos prédios, prédios em si não muito. Mas ainda não sei o porque disso! 😦 Consigo conviver normal com isso, nunca tive crise de sair correndo nem nada…o máximo que faço é me agarrar no braço de quem tiver comigo e pedir pra sair do lugar (e não saem) haha nunca me tiraram do lugar pq pedi =/ Sempre aguentei e baixei a cabeça pra não ver muito! Achei que era só eu e que fosse mais uma frescura minha, mas não é!

  34. Nunca imaginei que tivesse tanta gente com o mesmo medo que eu…achava que eu era a unica no mundo!!! tenho muito pavor de olhar certas imagens na internet, principalmente daquelas que mostram o oceano imenso… mesmo quando eh so um mapa, tenho pavor… hoje mesmo estava procurando a Ilha da Madeira no google maps e de repente apareceu a ilha com o oceano enorme em volta… queria ver a distancia entre Portugal e a Ilha da Madeira, mas fiquei morrendo de medo de diminuir a tela e aumentar o tamanho do oceano para aparecer Portugal… nossa!!! pavor total !!! Google Earth NEM PENSAR, nao tenho coragem de abrir nada nesse programa.
    E um medo engracado que me lembro quando eu era adolescente era de passar em frente ao hipermercado MAKRO, na marginal tiete… pois achava o letreiro GIGANTE, quando passava em frente de onibus nao tinha coragem de olhar… e tambem nao conseguia passar em frente a Caixa Economica Federal da Sé, com aquelas colunas pretas enormes na sua fachada… gelava só de olhar…. achava gigante… mas isso naquela época, hoje já nao tenho mais medo de olhar!!!! Legal saber que nao sou a unica no mundo!!!

    1. Paula Diegues, eu não sei qual o nome disso, pois não sei ao certo do que você tem medo: se é dos rios, por eles serem grandes, e isso poderia ser megalofobia, se é por serem profundos e você ter medo de água, hidrofobia, sei lá…ou se é pq passa por cima de pontes e tem medo de altura…ou seja, nesta situação específica, vc teria várias opções de medos!

  35. Eu tenho medo de estatuas gigantes, tipo duas que existem na praca Dezenove em Curitiba! Me da uma sensacao horrivel que eu nao sei explicar…tipo uma agonia e eu nao quero nem olhar nem chegar perto.

  36. Eu tenho muito medo de máquinas em geral. Sempre acho que vai explodir! Consigo ficar tranquila em algumas ocasiões, mas em outras fico muito aflita! Tbm tenho medo de subir em lugares altos, como prédios e viadutos, sempre acho que desmoronar

  37. Tenho pavor de coisas gigantes. Gigantes por que alguém as criou com um tamanho exageradamente maior que o natural. Esse medo começou quando eu tinha 12 anos e fui conhecer o corpo humano por dentro, passeando dentro de uma boneca gigante ( a boneca estava deitada no chão do estacionamento de um shopping, de barriga para baixo). Fui muito bem, andei por dentro da boneca sem problemas. Ao sair, andei alguns passos e tive a infeliz ideia de olhar para trás. Ao olhar para trás, vi o rosto exageradamente grande da boneca, com uma boca extremamente vermelha e grande. O cabelo muito loiro e muito grande. Os olhos azuis, muito grandes e muito abertos. Tudo ficou assustador para mim. Eu fiquei apavorada. A partir desse dia, tenho pavor de tudo o que é gigante . Por exemplo: se no supermercado tem produtos gigantes, como caixa de um achocolatado gigante exposta no corredor, nem passo perto. Mas, engraçado, ao mesmo tempo meu olho quer ver…de longe, é claro. Então, a coisa me assusta, mas me chama muito a atenção também.
    Não tenho medo de coisas naturalmente grandes, como caixas d´água ou navios. Tenho medo de objetos que são esculpidos/montados exageradamente maior do que são na verdade.

    1. Olá! É curioso quando procuramos por uma fobia que temos e que por sua vez é tão estranha que julgamos sermos os unicos. No entanto, encontrei o seu comentario que descreve tal e qual a minha experiencia, nessa mesma boneca!

      Tinha 5 anos quando a visitei por dentro, entrei pelos pés e era suposto sair algures na cabeça. Mas lembro-me de começar a chorar e a correr no sentido oposto porque morri de medo daquela bocarra.

      Entretanto muitos anos se passaram e voltei a sentir o mesmo medo num divertimento num parque temático. Montanhas russas, divertimentos e até partes de filmes são para mim um desafio. Cada vez que sou confrontada com uma boca gigante, eu fujo.

    2. Alessandra, meu problema é exatamente esse, coisas que não são naturalmente grandes. No meu caso, só de imaginar tal boneca no estacionamento ja me sinto mal. Nem de longe eu conseguiria olhar. Me encomoda demais tbm fotografias gigantes de pessoas e principalmente estátuas.

  38. Pessoal..foi incrivel ler todos esses depoimentos, me identifiquei demais, só que eu além da MEGALOFOBIA, também tenho pavor de umas situações que nao sei nem como explicar…mas vou tentar.Todas as vezes que olho pra coisas muito iguais, ou com pelotes, caroços simetricos, tipo…já viram quando o pão francês fica com uns calombinhos embaixo??todos juntinhos?? então…me dá uma sensação estranha isso, e também me arrepia os braços e rosto, gostaria muito de saber o que é, o nome dessa fobia, pq nunca ví alguem falar sobre isso. Sei qu sofro com isso desde pequena, e voltando a MEGALOFOBIA, esses dias teve uma festa em casa onde armaram uma tenda(daquelas brancas, comum) depois da festa, todos foram embora e eu fiquei sozinha, quando acordei no outro dia, a tenda tinha virado ao avesso e sua lona tava voando, eu tive que ir de olhos fechados pra conseguir desmontar aquilo, pois morri de aflição, de medo…sei la, não sei se sou louca, mas foi aí que vi que o negócio é sério, pq até chorei. Caramba…que loucura.

    1. Eu acho que esse medo de coisas grandes me faz sentir como se tivesse uma alteração espacial brusca, é como se o espaço, e a escala de todas as coisas tivessem mudado, é como se eu tivesse encolhido…por isso incomoda tanto.

      No caso do seu pavor de coisas iguais e muito juntas, eu tb tenho, isso deve ser Tripofobia, tb tenho muito nervoso dessas coisinhas no pão, eu nem olho, só de pensar me dá calafrios…se vc pesquisar no Google, vai ver o que é e tem muitas imagens tb…mas são muito horríveis!

  39. no meu caso é muito difiicl de explicar,è tipo um sonho meio que acordada, penso em algo pequeno por exemplo uma cama, e no mesmo instante vejo essa cama enorme, 3x maior do que e o normal, e da uma sensação muito estranha, não consigo explicar.. e minha irma de 6 anos veio tentar me explicar que senti isso.. ela tentou me explicar do jeito dela mas eu entendi… queria saber o que è isso, si alguém sente o mesmo… agora tenho 19 anos e já não sinto mais isso, pensei que era só eu, mas como minha irma veio de fala fiquei preocupa….. mas não sinto medo nenhum de avio navio nem nada grande.. si alguém poder tentar me explicar agradeço..

  40. Alguém aí tem tripofobia ? Tenho nervoso de tudo que fica aglomerado , sejam em bolhas ou em formas geométricas . Não consigo ver o comercial daquela barra de chocolate bubbly , fico desesperada só em pensar em bollhas , no corpo , na parede . Quando você minha vontade é de quebrar ,me esconder . Alguém se identifica ?

    1. Oi, super me identifico, não suporto ver buracos iguais juntos, na hora visualizo eles na minha pele e a imagem não sai da cabeça, é algo que só de imaginar já começa a incomodar, descobri que tinha ao ver um documentário sobre o sapo pipa, q carrega os ovos em uns buracos q tem nas costas, ecaaaaa, só de falar já me dá agonia…
      Sobre a megalomania, tenho medo de estátuas grandes e grutas, apenas…

    2. Meu deus, até que enfim mais gente com tripofobia. Aquele comercial do Bubbly me dá um nervosoooooooooooooo me coça tudo, eu fico arrepiado, dá um pouco de ânsia mas não muito, tenho vontade de arrancar minha pele de tanto coçar e coçar e coçar e coçar. Em momentos de crise eu juro que tenho vontade de suicidar. É muito ruim. 😦

  41. eu tenho fobia de escuro absoluto, não consigo ficar m lugares extremamente escuros, deve haver um foquinho de luz, qualquer coisa… da falta de ar.

  42. Eu também tenho emetofobia (medo de vômito). É incrível porque nunca estamos sozinhos, as nossas fobias estão SEMPRE conosco. Todos os dias vejo todas as datas de validade de tudo, evito lugares com crianças – já que estas ficam com viroses facilmente, e por consequência, vomitam, pessoas doentes (cara, eu tento ajudar as pessoas quando estão doentes, dou o meu máximo, mas se a doença delas causa vômito, tanto por ser algo natural de reação do corpo ou por remédios fortes, eu evito ao máximo, não é por maldade ou falta de vontade de ajudar). Só em saber que alguém que eu conheço vomitou, eu já fico assustado. O barulho de vômito, a aparência do vômito, o cheiro do vômito, a sequência que ocorre antes de uma cena – essa é a parte que me deixa alterado todo o dia, só em sentir um pequeno repuxo nas bochechas, um pouco de dor de estômago, arrepio no corpo todo, eu já acho que vou vomitar e fico nervoso. Fui descobrir o porquê do medo ano passado: quando eu tinha 9 anos, fiz cirurgia para retirar adenoide e amídalas, e a enfermeira disse que era obrigatório vomitar antes de sair do hospital, porque não podia ficar nenhum resquício da cirurgia. E essa coisa forçada foi o que me deixou mal até hoje. Lembro de cada momento que presenciei essas cenas depois do ocorrido, lembro que no dia da cirurgia eu fiquei bem, mas o problema foi bem depois, quando vi outra dessas cenas.
    A ex-namorada do meu pai em um hotel. Um homem em um clipe na televisão. Minha colega, enjoada por causa de cheiro de cigarro, no banheiro do colégio. Minha colega sentada na minha frente. Um filme-documentário sobre fast-food (Supersize Me – A Dieta do Palhaço) (esse filme me atormenta, vi pela primeira vez numa aula de ciências na quinta série, assistimos depois na sétima com outra professora, dessa vez eu alertei a ela a minha fobia e ela me permitiu sair pro corredor do colégio antes que desse aquela cena, e poderia voltar quando acabasse), etc.

    Minhas fobias não me permitem viver normalmente, ainda mais que descobri que tenho problemas no estômago. Tenho medo de procurar por ajuda porque não consigo falar sobre isso direito pessoalmente. 😦

  43. Eu tenho megalofobia. No meu caso tenho pavor de olhar em binóculo, lupa e de ver imagens com zoom. Percebi isso quando era pequena e até hoje não melhorou (tenho 30 anos). Quando conto para as pessoas, elas riem e querem me fazer olhar para essas coisas. É pavoroso!

  44. eu não me sinto bem perto de rios , lagos etc , me dá uma aflição navios, aviões grandes e construções muito grandes ,quando eu fico olhando em predios me dá até tontura … no google earth, se ver agua , navios avioes etc, eu travo …

  45. Sabe, tenho pavor de ouvir o barulho das pessoas mastigando. Fico desesperada em ouvir o barulho da água caindo no copo. Quando vou colocar água para beber, faço questão de não deixar produzir aquele barulho irritante. Não consigo ficar perto de quem mastiga com a boca aberta, fazendo barulho. Horripilante! Acho que sou doente.

  46. Puxa eu tenho Tropofobia medo de buracos aglomerados. ..
    Nossa so d falar passo mal m da coceira no corpo td vômitos fico salivando cm mto nojo e uma agonia desesperadora d encosta em coisas ásperas…
    Nao cnsigo descrever direito as imagens pq passo mal…
    Mas gnt tm uma procurada eh aterrorizante. ..

  47. Eu tenho uma fobia que nem sei se existe um nome para ela, tenho fobia da baleia jubarte. O meu pânico é geral, não consigo ver nem fotos e ouvir sons nem pensar. Nunca cheguei perto de um bicho desses e espero nunca chegar, então não faço ideia de como adquiri essa fobia.
    É um medo totalmente irracional, porque até as propagandas do greenpeace com a jubarte eu começo a tremer na hora. Já tentei pesquisar sobre elas no google, mas sempre tem muitas fotos e eu começo a me sentir sufocada, uma aflição muito grande com as fotos.
    Um dia no facebook, uma colega compartilhou um vídeo ‘inofensivo’ de uma baleia filhote rodeando um barco, só que aquele vídeo dela se movimentando muito próximo das pessoas em um barquinho de nada me chocou tanto que chorei muito e fiquei com aquela imagem me assombrando um bom tempo. E olha que eu nem assisti tudo, só um pedacinho.
    O meu pânico não é ser engolida pela baleia, só de saber que ela está no mar e eu entrar na beira já me sinto mal. Não consigo entrar em piscinas escuras.. até consigo entrar um pouco em rios, mas não por muito tempo pq se eu lembrar delas já era.
    Eu achava que eu era a única no mundo com isso, normalmente as pessoas acham graça quando eu falo. Ler que tem pessoas sofrem disso como eu foi muito bom e reconfortante.

  48. Gente também tenho emetofobia, mas não tenho medo de vomitar apenas de ver alguém vomitando. Sinto um leve desconforto perto de coisas muito grandes, principalmente aviões

  49. Eu não sei bem se é uma fobia, mas me dá um nervoso quando vejo a imensidão do mar, por exemplo, um cara nadando de baixo dágua em um filme, quando vejo aquela imensidão azul já me deixa nervoso. Outra coisa no mar é animais aquáticos que estão distantes ou são grandes mesmo, tipo uma baleia distante de mim e eu vendo ela já me dá calafrios. Mas acho que o problema que tenho é a imensidão do mar, sempre que penso nisso ou vejo em algum filme/jogo já fico todo nervoso e tenso.

  50. Me identifiquei com muita coisa! Como é bom saber que não sou a única.
    Tenho medo da sensação de vastidão, seja do mar ou do universo! Eu MORRO de medo de criaturas marinhas, só em pensar minha cabeça ferve. Não posso ver nem em foto, nem em desenho meu coração pára. Posso olhar 100 vezes a mesma foto, me assusto as 100 vezes. Mergulhar, nadar com os golfinhos?! Jamais!
    Meu trauma veio de quando tive um sonho que estava presa em um tanque de água (era um tanque lacrado em metal) e abria uma comporta e entrava uma baleia gigante (me da palpitações só em escrever). Acordei assustada e até hoje tenho a imagem na minha cabeça. Desde então se eu estiver no mar, numa piscina, ou até TOMANDO BANHO e pensar em seres marítimos me dá pânico .

    Também não tenho coragem de dar zoom no mar do Google Maps Satélite principalmente naquelas partes que a água é escura (me acho ridícula 😓)

    Quanto a coisas que não pertencem ao mar e são muito maiores do que eu me sinto aflita, mas é por medo de ser esmagada (me dá vontade de fugir e se for foto me da falta de ar).

    Meu irmão tem os mesmo medos, mas ele não entra no mar nem que pague!

  51. Gente, me senti muito representada lendo cada comentário, eu achava que era louca! Contava sobre meus medos pro meu namorado, familiares, amigos, todos me zoavam.
    Tenho um pavor enorme de coisas grandes. Medo de balão de ar quente, medo de pinturas enormes na parede, lonas, torres, esculturas muito grandes, navios naufragados (não consigo nem ver foto que me deixa com agonia), medo de construções enormes, navios/cruzeiros/barcos, odeio casco de navio, meu Deus! Meu namorado me chama de medrosa, mas juro que não tenho medo (quase) de nada, exceto isso hahaha
    Não consigo nem passar perto de lona de circo que bate aquele desespero. Medo de parque de diversões, não consigo ficar encarando uma montanha russa de perto, eu consigo andar e me divertir, mas ficar encarando não! Meio bizarro né?
    Vixi, são muitos medos! Atualmente trabalho no porto e tenho que me acostumar com navio a todo momento (mesmo trabalhando no escritório, ja que eles passam aqui perto), trem, caminhão, mas da aquela pontinha de agonia no coração.
    Também tenho medo de vomito, me sinto até mal por não poder ajudar as pessoas que estão passando mal. Só de saber que ela ta começando a ficar enjoada, ja fico nervosa. Não consigo escutar o som, muito menos ver o vomito, que ja me bate um nervosismo e fico enjoada.
    Lendo os comentários, percebi que não sou diferentona, obrigada por isso!

  52. Descobri agora a fobia que tenho Megalofobia,tento explicar as pessoas meu pavor mas nem todas entendem… meu Deus, só de pensar em navios, construções grandes, aviões…fico nervosa e me da vontade de chorar! (rsrsrs)
    Nao entendo muito o por que fiquei com essa fobia ,ate pq quando eu era criança, fui em um Iate Club e em um Pier onde tinha um navio encostado…

  53. Gente, achei meu tipo de medo. Tenho pavor em pensar naquelas estátuas grandes, em olhar para elas. Tipo prédios, casas, igrejas, isso eu não tenho não, mas estátuas eu tenho horror. Moro no estado do Rj e ouço muitas pessoas falando do Cristo Redentor, mas acho que eu não conseguiria ir. Acho que não consigo olhar para aquela estátua gigante.

    Também tenho medo destes destroços que são encontrados embaixo d’água, li que existe um museu embaixo d’água, eu também tenho pavor destas coisas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s