contos

Noite Sem Sapatos Em Território Colombiano

O bar está cheio e é daqueles tradicionais, de uma época remota e bem conhecida por nossos bisavôs. A cerveja é servida em garrafas pequenas de formato curioso. Há uma outra, com nome de jogo de baralho e em formato mais familiar e ambas são produzidas pela mesma empresa.

Um anúncio deixa bem claro a não aceitação a sujeitos de má conduta, ainda que esses sejam reis ou ajudantes de sapateiros.

Para os homens o banheiro é sem portas ou janelas. Dele se vê todo o bar e o bacana, para quem está fora dele, é observar a expressão do cidadão que urina com a plena consciência de que todos podem lhe ver.

Um gringo chama atenção dos presentes. Talvez por sua alta estatura ou pelo fato de estar descalço em um chão provavelmente imundo. Do lado de fora, fumaça e conversas etílicas atravessadas. Na rua, mais bares. Rock negro, grunge feio, reggae verde, salsa louca ou qualquer outra coisa.

A noite é de festa e em Pereira os colombianos aproveitam como podem. E o gringo sem sapatos se esforça para fazer o mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s