contos

Parabéns, parabéns

O conheci há uns anos atrás, tocando violão em um fim de tarde, num tal jardim botânico aí. O rapaz já tocava suas canções próprias, sobre querer ser namorado e sobre um tal barquinho de papel. Mas esperem, essa não é a história de como conheci o homem da minha vida. Tenho minhas preferências sexuais e apesar de às vezes não parecer, gosto mesmo é das mulheres. Mas o menino era bacana ou bem, na ocasião nem o achei tão bacana assim, afinal que moço abusado esse, já querendo nos mostrar suas composições, seus dotes artísticos, sua beleza física e sua risada marota.

Mas os meses se passaram e quando fui perceber ele já fazia parte da nossa “seleta” roda de amigos, homens e mulheres de bem, pessoas inteligentes, sonhadoras, engraçadas e tudo mais. E logo ele já estava formando uma dupla, não sertaneja, com meu grande amigo, um moço pelotense fã de los hermanos, de cinema europeu e de conversas etílicas (ok isso tudo parece bem redundante, mas é por aí mesmo).

Andei distante por um tempo e como esse não é mais um texto sobre minhas aventuras por aí ou ainda sobre minhas egocentricidades que ainda me são pertinentes, quero voltar a falar desse rapaz catarinense de cabelos negros e barba mal feita e que hoje completa vinte e sete rotações pela Terra. Bem, não é bem hoje que isso aconteceu, mas isso agora é irrelevante.

Ontem fui com esse outro brother gaúcho visitá-lo em seu mais novo local de trabalho.  Confesso que me emocionei ao vê-lo de moletom da empresa e de postura firme, atrás de algum balcão (que merda, olha eu falando das minhas emoções de novo). Enfim, falando assim até parece que seu emprego é daqueles sérios, chatos e burocráticos comuns ao homem moderno, desde a época da épica revolução industrial; mas não, o jovem em questão estava sim, atrás de um balcão e usando o moletom da loja, mas no momento ele assistia sossegadamente um filme nacional (se não estou enganado) em formato blue-ray, cheio de detalhes, incluindo as visíveis veias dos atores também agigantadas pela TV de proporções futuristas. Ao fundo, também em grandes proporções, o arco íris de um famoso filme sobre sonhos chamado sonhos de um grande diretor japonês aí. Em sua volta, filmes e mais filmes, além de jogos pra play 3 e sei lá mais o quê. Ao lado do balcão, um freezer com picolés de primeira linha, além de uma clássica pipoqueira. Mais ao lado, um café e mesas vazias, com jornalecos monocromáticos com os dizeres “sobre café e cinema”.

Talvez devêssemos ter chegado mais cedo, para vermos nosso amigo de fato trabalhando, atendendo clientes, recomendando filmes, cappuccinos e sorvetes. Mas tudo bem, outro dia a gente aparece de novo por lá, quem sabe de surpresa ou não.  Mas ei, já ia me esquecendo, aquele jornaleco foi idéia desse mesmo moço aí, que agora além de atender clientes com sua característica simpatia, também anda escrevendo críticas de cinema e até um contrato com uma gigante dos meios de comunicação ele já tem. Orgulho pra quem é seu amigo e que te conheceu lá atrás (ok, nem tão atrás assim) tocando violão e reclamando de um tal laboratório aí.

Parabéns, my friend, por estar nessa nova estrada, plantando novos sonhos tão coloridos como aquele arco íris de trás da TV e passando por novos desafios, impostos por ti mesmo, sempre em busca de luz e alegria. E pra continuar citando Dylan em meus textos e a canção perfeita para aniversários de todas as idades, “Que seus desejos se tornem realidade (…) Que você construa uma estrada para as estrelas, e suba cada degrau. Que você seja jovem para sempre”.

Parabéns… pra você.

Anúncios

2 comentários sobre “Parabéns, parabéns

  1. Pô, massa Ígor e realmente, parabéns ao suprahomenageado!

    Adorei o termo das “27 rotações”, acho que passa uma noção importante pras pessoas que escutam. Inclusive, pretendo utilizar por aí, mas o termo seria “27 translações”, ou “9855 rotações”!

    rsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s