contos, Uncategorized

Raios de Esperança

raiosTímidas luzes natalinas começam a aparecer na vizinhança de uma casa que agora está estranha e oca, faltando peças fundamentais e ecoando saudades por todos os lados. Randy Newman segue na sala na sua “terra de sonhos” provocando inspirações e divagações positivas, apesar dos pesares.

A semana havia começado bem, o sol de verão irradiava esperança nos ares, já mal acostumados com a chuva e o frio da nula primavera de Curitiba. Após a enxurrada provocada em meu coração operado, e todas aquelas histórias macabras envolvendo facas, celulares e ambulâncias, sentia que havia algo fresco no ambiente, algo que acalmaria meus pensamentos em chamas, algo que me fizesse seguir acreditando nesse mundo perdido cheio de nuvens e distrações.

A vida se mostrou frágil novamente como o piano melancólico de Monk, a música mais uma vez segue intensa e apontando a direção. O mundo lá fora ainda parece hostil e carente de sentido, mas os ventos praianos de dezembro anunciam o ano novo e abrem espaço para novas ideias e novos desafios. A TV prenuncia o apocalipse político brasileiro, enquanto na Argentina os hermanos se deprimem com o resultado das últimas eleições.

Balões vermelhos alegraram as crianças do shopping classe A, hippies roubaram a coroa do Cristo Rei e depois foram barrados no baile na mansão em contagem regressiva para sua implosão. Paranoias deixaram Caldabranca e Dr. Gonzo pilhadões, enquanto piadas veganas entretinham a plateia de londrinenses e malucos.

No hospital enxuto, a mãe segue sua batalha exalando vitalidade, por entre olhares curiosos, enfermeiras carinhosas e uma porção de médicos otimistas. Do lado de cá, a bondade alheia é valorizada, as imperfeições são apontadas, e a corrente de pensamentos felizes são somados às orações dos familiares e dos amigos. É preciso manter a cabeça sana e descansada, pois cada dia pode ser uma nova aventura.

Natal? No presente momento não quero pensar nessa brincadeira, ainda que as luzes dos vizinhos reafirmem esse rito antigo e capenga de significados populares. Por agora, vou continuar aproveitando o final dessa cerveja e as últimas notas de Monk, introspectivas e assertivas para a ocasião.

E que o choro de outrora seja transmutado amanhã, na roda do bar dos barbudos, ensanguentado de arte sulamericana, enquanto me preparo para encontrar a minha terra dos sonhos nos próximos dias. É hora de esvaziar os baldes e preparar o solo para a nova estação. “O pulso ainda pulsa”, e com isso, novos raios de esperança insistirão em nascer, para todos, em todos os cantos onde a “dança da realidade” esteja presente.

Anúncios

Um comentário sobre “Raios de Esperança

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s